Dicas: controle de estoque

Dicas: controle de estoque

Se você possui uma empresa, a organização é imprescindível antes de qualquer passo. Porém, no caso de empresas que oferecem produtos, muitos empresários ou microempresários não entendem a importância do planejamento na hora de controlar o estoque do seu negócio. Tendo isso em mente, nós trouxemos aqui um texto mostrando o valor e a importância de fazer um controle contínuo do seu estoque.
Esta é uma das atividades mais importantes de uma empresa, já que um bom gerenciamento aumenta as chances de lucro e diminui drasticamente a possibilidade de prejuízos com cálculos feitos erroneamente. Tudo isso traz vantagens e beneficia — e muito — o seu negócio.
Por que o controle de estoque é importante?
Como já explicado no começo do texto, o controle de estoque aumenta a lucratividade e diminui a perda de verba, mas como isso acontece?
Imagine uma loja de roupa: para mantê-la totalmente estocada, é feito um investimento, compra de blusas, saias, vestidos, etc. Agora imagine duas possibilidades: a venda perdida ou o investimento errado.
A primeira situação acontece quando um determinado produto se esgota e um (ou mais) clientes vão até sua loja atrás dele. O cliente não consegue o que deseja e você perde uma venda, ou seja, tem um prejuízo.
Já a segunda acontece quando você não planeja de forma correta a compra dos produtos que estarão no seu estoque. Continuando com o exemplo da loja de roupa, pense: você compra 20 saias amarelas e vende apenas 2. No final, você gastou com 20 peças, mas só teve retorno de duas, tendo um prejuízo considerável.
Além disso, estoque significa capital parado. Os itens em estoque possuem um valor, que juntos, formam um considerável montante de dinheiro. Se mudarmos o parâmetro e pensarmos em uma fábrica de carros, por exemplo, o valor do estoque pode representar quantias gigantescas de dinheiro.
Esse dinheiro, por sua vez, poderia ser utilizado de outras formas, como capital de giro, investimento em infraestrutura, pagamento de fornecedores, etc.
Então, para evitar essas situações, controlar seu estoque é importante para o funcionamento do seu negócio.

Quais são as vantagens de ter um estoque?
Para você entender por que é importante ter um estoque, confira algumas das vantagens:
  • Depois de já ter o estoque, seu investimento será reduzido a apenas repor as peças vendidas.
  • Economia no custo do transporte.
  • Pode vender mais produtos e não ficar limitado a uma pequena quantidade, gerando mais lucro.
  • No caso de estoques alimentados pela própria produção, o estoque se adapta ao aumento de mercado e as incertezas de demanda.
  • Otimiza o investimento.
  • É possível fazer estimativa de vendas, de produção e pedidos para fornecedores.
  • Descobrir os produtos mais e menos vendidos e atende demanda.


Como controlar o estoque?
Depois de entender a importância e as vantagens de controlar o seu estoque, aprenda, em passos simples, como colocar o controle em prática.
Identificar os itens do estoque: O primeiro passo para controlar seu estoque é identificar o que há nele. Contabilizar tudo e organizar por códigos ou pelos próprios códigos de barra. Voltando ao exemplo da loja de vestuário, o dono precisa separar todos os tipos de roupa e suas cores.
Você pode atribuir um código para as saias roxas, outro para as vermelhas e assim por diante. O importante é criar um sistema que auxilie na hora de saber o que você possui no seu estoque.
Categorize por características dos itens do estoque: Depois de identificar o que há no estoque, é preciso organizar essas informações. Para isso, o dono da empresa pode categorizar os produtos de diversas formas, como matéria-prima, cores, tamanhos, gênero (feminino, masculino ou unissex), etc.
Quando se separam os produtos por categorias, o controle de estoque fica muito mais fácil para o cliente (ou algum funcionário designado para a função).
Para armazenar essas informações, pode-se contar com sistemas tecnológicos. O sistema é uma boa opção para empresas de qualquer porte, claro que se a empresa for maior, o sistema deverá ser administrado por mais pessoas. Busque aquele que se adéque às suas necessidades, orçamento e que seja de fácil utilização para todos.
Defina as quantidades mínimas e máximas de cada produto: O ponto de pedido (também conhecido por quantidade mínima) é uma tática que auxilia muito na hora de controlar o estoque. Isso acontece porque ao determinar uma quantidade como mínima, o dono saberá quando deve repor o estoque e quando deve esperar.
Há alguns fatores que devem ser levados em conta na hora de chegar ao valor mínimo:
  • Velocidade de saída do produto.
  • Preço pago ao fornecedor por grandes quantidades.
  • Tempo de entrega.
  • Tempo entre a entrega do produto e sua disponibilidade de venda.
Já a quantidade máxima é um artifício que ajuda a controlar gastos. Além disso, ajuda a deixar o volume dos produtos balanceados. É importante haver equilíbrio e não ter grande quantidade de um produto, enquanto outro tem um volume bem menor.
Registre tudo: Para controlar o estoque, o mais importante é registrar tudo: cadastrar produtos novos, registre as entradas e saídas dos produtos e controle os saldos e custos. Assim, você terá pleno controle do estoque.
“Mandamentos” do controle de estoque
Siga os 4 mandamentos do controle de estoque abaixo e minimize sua probabilidade de problemas com ele:

  • Estoque apenas o necessário.
  • Nunca misture produtos diferentes em uma mesma área. Um lugar para cada produto: lugares diferentes, produtos diferentes. Facilita muito no controle.
  • O estoque não deve estar lotado quando o caixa está em baixa.
  • O nível do seu estoque deve ser compatível com suas vendas.
Até a próxima pessoal.

Autor: Eddie

Comentários

Postagens mais vistas

Como foi 1° Dia de Brasil Game Show (Imprensa) ?

Dicas de filmes sobre empreendedorismo – Parte II

ROCKFEST, o verdadeiro festival de Rock ‘N’ Roll!

M.G.: Marvel's Avengers - Novo Game da Square Enix

FILMES: VENTOS DA LIBERDADE