Como Abrir uma Tabacaria – Hookah Lougen

Artigo por Mister Ichi.


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Há quanto tempo, não?

Estamos de volta para falar de empreendedorismo e como abrir e como abrir um negócio, no caso uma Tabacaria/Hookah Louge e os passos que vocês devem seguir.

Se formos analisar o negócio e pensarmos que a maioria das pessoas acham que a tabacaria/Hookah Louge é somente para fumantes de charutos e usuários de narguilés, estão enganados.

As lojas que fazem muito sucesso hoje, investem não somente nos charutos e narguilés, como também em outros produtos vendáveis como pratos/louças, vasos, e que são produtos bonitos, elegante e funcionais, incluindo também as vendas de bebidas e comidas típicas no empreendimento.

Com isso, podemos observar que a tabacaria não é somente um lugar para fumar com umas essências cheirosas, mas também como um ambiente de lazer, aonde há relaxamento, descontração, com salas para bate papos agradáveis! 

E como resultado desse tipo de negócio com esse ambiente, tornaram-se espaços preferidos por jovens para se reunirem com amigos, fazer novas amizades e passarem por momentos agradáveis com a galera.

A ideia desse artigo, é mostrar para vocês que nos acompanham, que esse tipo de negócio é uma boa alternativa como investimento para quem quer empreender com algo alegre, que proporciona diversão e seja dinâmico.

Vamos então aos pontos mais importantes para montar o negócio?

A -  Veja se você tem perfil empreendedor.

Para que o negócio se torne realidade, é preciso que você tenha um perfil empreendedor, conhecer a realidade do mercado e organizar um plano de negócios – PN – também chamado de Business Plan (BP).

B – Ponto comercial ou ponto de vendas.

Uma vez que você tomou a decisão de abrir o negócio, um dos primeiros pontos importantes é procurar um local/imóvel adequado. Contudo, não basta escolher um espaço com estrutura agradável e forte, também é necessário que ele esteja em uma boa localização de fácil acesso e que esteja de acordo a legislação municipal.

Devemos levar em consideração o fluxo de pessoas que passam no local e que tenham interesse em consumir os produtos da loja e como estamos falando em perfil de público jovens, nada mais sensato que estejamos falando em regiões/bairros, aonde já possuam comércios para jovens, como bares universitários, lanchonetes no qual a maioria dos frequentadores sejam jovens com idades entre 18 a 30 anos.


Porém nem sempre se encontra o local “perfeito”, devido à concorrência e os custos dos aluguéis. Como alternativa, é possível consultar outros bairros/centros comerciais que estejam disponíveis em regiões próximas e investir no marketing de divulgação.

C – Equipamentos para o empreendimento.

Fundamental para o sucesso do negócio, pois assim você estará ofertando qualidade aos seus clientes.

Esses equipamentos deverão contribuir para a beleza/estética da tabacaria, além de fornecer versatilidade ao trabalho dos funcionários. 

E como a tabacaria já é um ambiente repleto de decorações exóticas e exuberantes, é interessante deixar expostos os narguilés mais ornamentados da loja. 

Entretanto, eles precisam estar em segurança e sem risco de queda; então é preciso selecionar prateleiras e expositores fortes e que combinem com a temática do espaço. 

Não esquecer dos demais equipamentos para exposição dos produtos a serem vendidos, como as vitrines de exposição, balcão de atendimentos, o pdv e todos os demais equipamentos de tecnologia que facilitará os controles e gestão do negócio. 

D – Fornecedores parceiros do negócio.

Uma vez que tenha o espaço todo montado, não se pode esquecer dos principais fornecedores parceiros para o seu negócio. 

Esse é o momento de encontrar os melhores fornecedores parceiros, que tenham preços, prazo de entrega justo e que tenham qualidade e garanta a segurança dos produtos.

As formas de pagamentos também são importantes e esses fornecedores parceiros, devem ter uma política coerente com a realidade de seu negócio.

Lembre-se de pesquisar no mínimo de 3 a 5 fornecedores parceiros para o seu negócio, com referência de mercado.

E – Mix de produtos.

Esse item está intimamente ligado aos fornecedores; pois encontrar o melhor fornecedor envolve procurar por quem ofereça o maior mix de produtos com qualidade.

E isso nem sempre é possível, daí a importância de vários fornecedores para o seu negócio.

O mais importante em relação aos mix de produtos, é você priorizar uma lista de produtos que deseja fornecer. Eles podem ser: os cigarros convencionais, cigarros de palha, cachimbos, fumos, palha, os charutos, os isqueiros, dichavadores, cinzeiros e outros artigos e acessórios que compõem o negócio.

E não devemos esquecer dos narguilés, afinal é sobre eles que o seu negócio será feito, então tenha fornecedores que lhe forneçam vários modelos, com garantias de durabilidade e os acessórios para todo o ritual de se apreciar esses narguilés.

F – Contratação dos colaboradores/funcionários.

Nessa fase do processo é primordial contratar colabores com experiência e conhecimento sobre os produtos e vendas dos acessórios.

Numa fase inicial, talvez você não precise nem de colaboradores, podendo você mesmo exercer essa função; porém, quando o negócio crescer, você precisará contratá-los e já com experiência para atender as demandas, inclusive o e-commerce.

Caso não tenha experiência em contratação, recorra a empresas especializadas em recursos humanos para auxiliá-lo nas contratações.

G – Investimento.

Aqui é o momento mais importante para o seu negócio; pois é o quanto você precisa saber do quanto investir e o retorno que o negócio lhe proporcionará.

E para você chegar aos valores mais próximo da realidade, é necessário desenvolver um bom plano de negócio ou BP (Business Plan).

É nesse BP que você vai calcular o capital de investimento e o capital de giro, além da previsão nos lucros; porém de uma maneira mais simples, o capital médio inicial para abrir seu negócio poderá girar entre cinco a trinta mil reais. Porém, isso pode variar de acordo com muito fatores, como localização, quantidade de produtos, modelo/tamanho da sua loja, e o porte da loja (M.E.I, Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte).

Enfim pessoal, abrir um negócio de tabacaria tem se mostrado um bom investimento, desde que você reúna todas as informações importantes para o negócio e faça seu plano de negócio. 

Pensem a respeito e se tiverem outras dúvidas, procurem o pessoal do GRUPO E.L.A.N.E. Eles poderão lhe ajudar, inclusive com o seu plano de negócio/BP.

Pessoal, por hoje ficamos por aqui e até o próximo artigo.


Comentários

  1. Tem como vocês fazerem um sobre hamburgueria? Quero abrir uma tematica e com alimentos artesanais

    ResponderExcluir
  2. Poxa faz uma sobre loja de roupas femininas compradas do bras

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais vistas

PUBLI: Ressaca Friends retorna à SP com atrações internacionais inéditas

Desbloqueie sua criatividade

SUBIMOS DE LEVEL - 6 ANOS DE GRUPO ELANE

Pixel Show 2022 - Foi top!!!

DESENCANTADA: A verdadeira continuação de um filme que um dia já ENCANTOU.