Resenha do Filme - Cartas Para Julieta

Cartas Para Julieta 


Nossa vida é cheia de surpresas. Viver é algo mágico, embora as dificuldades surgem de vez em quando ...
Nessa fase de perdas e transformações que temos enfrentado, uma boa reflexão sempre vale a pena.
 Analisando o filme " Cartas para Julieta", percebemos que todos querem ser felizes em algum aspecto na vida, cada um com seus objetivos a serem alcançados. Uns querem se destacar no trabalho, outros, trazer de volta alguém querido, superar a dor e até mesmo aqueles que apenas querem viver cada dia como fosse o último.
 Quando Sophie ( uma escritora aventureira) e seu noivo Victor ( um chef  e empreendedor criativo) decidem fazer uma viagem encantadora e romântica á Itália, ela começa a fazer planos de uma "lua de mel" perfeita, mas no decorrer da viagem, Victor "se perde" no mundo gastronômico Italiano.
 Sophie se sentindo solitária, decide dar um passeio  pela linda cidade de Verona, onde presencia várias mulheres escrevendo suas cartas, algumas felizes e outras chorando . Isso de fato aguçou a curiosidade de Sophie. Ela então percebera que depois de um tempo, uma mulher misteriosa recolhia todas as cartas e punha em uma cesta.
 Não pensou duas vezes! Perseguiu a mulher e lhe perguntou o porquê ela "roubara" todas as cartas.
A mulher então sorriu e lhe disse " Não roubamos as cartas, mas as respondemos". Educadamente a mulher convidou a á conhecer "as secretárias de Julieta".
 Sophie as conheceu, eram mulheres que haviam passado por várias experiências de vida bem diferentes, e se tornaram voluntárias para responder as cartas das pessoas que mais se aproximavam  de seus perfis. Sophie perdeu a noção da hora, e até mesmo se esqueceu de sua decepção com o noivo. Foi um dia muito proveitoso.
 Voltando ao hotel e encontrando Victor, Sophie estava se sentindo feliz e inspirada, louca para contar como havia passado seu dia, mas, Victor não estava tão excitado para ouvir e já começou a lhe dizer sobre o roteiro do dia seguinte em outra cidade , onde ele participaria  de um leilão.
 Sophie, desapontada mas ao mesmo tempo feliz pelo noivo, decidiu ficar e escrever sobre a Casa de Julieta. No dia seguinte, Victor foi á outra cidade e Sophie á casa onde havia sido muito bem recebida.
 Após algumas horas de conversa, uma das secretárias convidou Sophie a ajuda-la recolher as cartas. Quando Sophie estava recolhendo a última carta, percebeu que havia uma, presa entre os tijolos. Não resistiu e começou a ler...



 As secretárias de Julieta sabendo que Sophie era uma escritora, decidiram que ela poderia responder a carta. Com vários sentimentos entrelaçados, Sophie aceitou o convite feliz e ansiosa.



 Claire (Vanessa Redgrave) veio á cidade de Verona, com seu neto Charlie ( Christopher Egan). Um rapaz lindo e aparentemente rude. Sophie mal podia acreditar que Claire estava ali, e disposta a encontrar seu Lorenzo após cinquenta anos, mesmo contra a vontade de Charlie, que a princípio estava furioso com Sophie por colocar sua avó tão querida em uma situação de risco e embaraçosa.
Sophie se ofereceu educadamente á ir com Claire  nesse sonho de encontrar o amor de sua vida, para se desculpar por não ter ido ao seu encontro, ou simplesmente dizer que ainda o amava e sentia muito...
 Charlie estava totalmente contra, uma vez que se sentia naquela situação por causa da Sophie. Mas ainda havia um problema! Como viajar sem saber por onde começar, quanto tempo levaria e tendo um noivo???
 Sophie, no fundo sabia que não seria difícil dizer isso ao Victor, pois ele estava deslumbrado com o leilão, e de imediato a encorajou a escrever essa história já que ele voltaria em alguns dias.
 Tudo pronto! Sophie e Claire ansiosas e claro, Charlie carrancudo o tempo todo.
 Assim passaram se os dias, várias cidades, vários Lorenzos, mas nenhum despertara o amor verdadeiro, o calor, o toque em Claire. Por outro lado, a convivência  fez com que Charlie e Sophie conhecessem mais um do outro, e descobrirem as afinidades entre eles.
 Claire perdia suas esperanças a cada Lorenzo que não era o seu, então, foi vencida pelo cansaço e desistira de encontrar seu amor.
 Embora todos estivessem tristes, tentaram anima-la, dizendo que ao menos ela havia tentado, e que seu amor por Lorenzo lhe dera coragem para atravessar um país.
No caminho de volta, Claire percebeu que havia uma vinícola onde eles poderiam comemorar o último dia deles na Itália, mas como em  um conto de fadas, entre as videiras, ela avistou um rapaz que fez lembra-la de Lorenzo em sua idade.
 Sophie e Charlie se apresentaram ao Lorenzo, que era filho do Lorenzo cujo o pai que estava cavalgando pelo campo era Lorenzo! Sim, logo em seguida, em um cavalo branco, eis que surge o Lorenzo, Claire não tinha dúvidas que aquele era o Lorenzo que tanto amava.
O reencontro foi regado com muito amor, saudade, perdão e desabafo.
 Enfim, Sophie teria uma história e tanto para contar, e Claire estava com o amor de sua vida, ambos viúvos e com seus filhos criados, após cinquenta anos de espera. Mas e o Charlie?
Ah Charlie!!! Ficara sozinho com seu coração apaixonado por Sophie?
Claire e Charlie ficaram na fazenda de Lorenzo e conheceram sua família. Após um almoço de confraternização e celebração, Sophie precisou ir embora, afinal ela estava na Itália com seu noivo. Deixara seus amigos queridos, e estou me referindo á Claire e Lorenzo. E talvez o seu verdadeiro amor, Charlie.
 Mesmo com um sentimento de culpa, Sophie chega ao hotel, animada e louca para contar sua aventura na caça ao Lorenzo. Victor lá estava, radiante, cheio de planos para seu restaurante, excitado e otimista. Tão feliz, que mais uma vez, não conseguiu ser contagiado pela alegria de sua noiva.
Sophie estava desapontada mais uma vez, porém decidida a ser uma pessoa única a si mesma. Cansada de ser a segunda opção!
De volta a Nova Iorque, totalmente diferente de como havia saído, estava feliz por ter recebido o convite de casamento de  seu casal tão querido.



Mas Sophie decidiu ir ao casamento literalmente sozinha. Foi um término pacífico, onde ambos entenderam que estavam um vias opostas e tinham sonhos diferentes.
No dia do casamento entre lágrimas, emoção e boas risadas,  Sophie declara seu amor a Charlie. E claro, foi tão lindo como você leitor está imaginando. 



Claire e seu Lorenzo estão curtindo cada minuto, e não se lamentam de nada, pois tudo aconteceu como deveria acontecer. Do destino, ninguém escapa! Apenas faça o seu melhor sempre, e o que for para ser seu virá!!!


By Andreia Souza


Ficha Técnica:
Título: Letters to Juliet (Original)
Ano produção: 2010
Dirigido por: Gary Winick
Estreia: 11 de Junho de 2010 ( Brasil )
Duração:105 minutos
Classificação: 10 - Não recomendado para menores de 10 anos
Gênero: Comédia Drama Romance
Países de Origem: Estados Unidos da América

Elenco:
Amanda Seyfried: Sophie
Christopher Egan: Charlie
Gael García Bernal: Victor
Vanessa Redgrave: Claire

_________________________________________________________________________
Facebook: Grupo ELANE
Instagram: @GrupoELANE
Blog: Blog Grupo ELANE
Youtube: Grupo ELANE

Comentários

  1. Adorei, porem só faltou saber a plataforma pra assistir rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oo Cintia, tem a Prime Video da Amazon... Vou assistir nesse fds

      Excluir
  2. Léo como assim? Esta escrevendo muito bem, ctz que não é você hehehehehehe quem eh a idealizadora do artigo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claramente nao foi eu kkkkkk foi a mãe da minha funcionaria, logo logo vem mais por ai

      Excluir
  3. E filmes sobre empreendedorismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja colocamos a um tempo atrás sobre esse assunto, mas iremos atualiza-lo kkkkk

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais vistas

Resenha sobre o Filme - Encantada

TOUR GRUPO ELANE - GRAMADO

Comic Da Vez #EP09​ - Dr. Estranho

DICA DE SÉRIE: INVENCÌVEL