ABRIL MÊS DAS HOMOLOGAÇÕES: Devemos participar?

Alguns sistemas de ERP's, nesse mês de abril, entram no modo HOMOLOGAÇÃO automaticamente.

Tendo como objetivo principal mitigar os riscos referentes a terceiros, o processo de Homologação atua de forma proativa, pois devem ser realizadas análises dos impostos, cadastros de clientes e fornecedores.

Porem caso seu sistema não entre no modo homologação automaticamente, aconselhamos que você estipule uma equipe da sua empresa pra isso.

Com o processo devidamente estruturado, é possível atribuir Indicadores para o gerenciamento dos impostos, controle de impostos sobre os custos, fornecedores, e até em varios aspectos legais. Sendo possível verificar se a empresa está apta para realização do fornecimento sem interrupções ou atrasos na execução dos serviços por causa de problemas fiscais.

Participar de um processo de homologação também oferece diversos benefícios para os fornecedores, proporcionando mais confiabilidade e segurança, além possibilitar parcerias duradouras que poderão ser sustentadas por prazos menores, melhor qualidade, custos reduzidos e inclusive uma maior satisfação do cliente.

Comprovar a regularidade fiscal, qualificações técnicas e sua situação financeira.

Ao participar da homologação, o empresario consegue comprovar sua regularidade referente impostos, tributos, capacidade técnica e situação financeira. Na prática o empresario deve estar sempre atento na atualização fiscal, pois se os impostos e taxas não tiverem corretamentes no sistema, o fisco logo logo irá atras do empresario. As vezes dura entorno de 2 a 5 anos para o FISCO entrar em contato, mas quando vir o contato pode ter certeza que o juros e a multa serão corrigidas. Por isso é bom sempre estar atento as novidades, ter um setor ou uma pessoa responsavel pra sempre atualizar o sistema, e ter os comprovantes de qualificações fiscais em dia.

O governo pode a qualquer hora entrar em contato com o empresario pedindo comprovantes ou informações tecnicas. 

  1. Para poder comprovar as qualificações técnicas do empresario, são solicitados o certificado de regularidade e atestados de capacidade, emitidos por fornecedores que a empresa já tenha prestado serviço ou comprando matérias primas (as vezes são notas fiscais de compra, ou até duplicatas pagas).
  2. Para a avaliação da situação financeira, são solicitadas as demonstrações contábeis e últimos faturamentos mensais, que após análise podem expor a saúde financeira da organização. 
  3. Para situação fiscal, a SEFAZ solicita em alguns casos os XML’s das notas fiscais emitidas em determinada época ou ultimos 3 meses.

Conhecimento da documentação necessária de acordo com a atividade da empresa.

Para que esteja regular e apta para desempenhar suas atividades, é necessária a obtenção de documentos, de acordo com a atividade da empresa.

É comum que o empresario desconheça a necessidade de possuir algum documento específico e só tome conhecimento da obrigatoriedade ao participar do processo de homologação.

Com isso, a empresa ficará totalmente regularizada perante aos órgãos fiscalizadores, o que pode evitar futuras autuações e consequentemente punições e multas.

Os documentos que devem estár em pronta apresentação são: Extrato mensal da empresa, relatorio mensal das contas pagas e recebidas, 3 ultimos comprovantes de pagamentos de fornecedores de compra de materia prima, lista de NCM de protdutos cadastrados no sistema, relatorio de taxas e impostos cadastrados na venda dos produtos, e XML's das NF-e/CUPOM emitidos no ultimo mês.

Consultoria e Orientação referente a obtenção de documentações.

Ao participar do processo de homologação junto a uma consultoria, o empresario tem a sua disposição uma equipe especializada para orientá-lo em caso dúvidas sobre a obtenção dos documentos o que contribui para um processo mais rápido, sem dúvidas e com as documentações necessárias devidamente apresentadas.

Nós do GRUPO ELANE temos esse papel de atuar como uma consultoria, orientando o EMPRESARIO  de como fazer e manter seu controle de emissão de notas atualizado com os imposto e taxas (IPI, ICMS, COFIS, entre outros...), mitigando o que está errado e como fazer para corrigir. 

Queremos e gostamos de apoiar os empresarios a terem boas empresas!

Organização e monitoramento da documentação.

O que aconselhamos aos empresarios, é a fazerem essa homologação a cada trimestre. Pois em alguns casos o NCM, Impostos, Taxas e até o enquadramento tributario podem haver mudanças. 

O empresario tem que ter a sua disposição todos os documentos apresentados de forma organizada, para eventuais consultas. Dependendo da necessidade, é bom ter alguem responsavel pelo  monitoramento da documentação, onde acompanhará a pessoa que irá fazer as validações e atualizações no sistema.

Assim, o empresario sempre terá sua documentação atualizada, o que será útil em caso de fiscalizações ou para apresentações de futuros socios/fornecedores. O empresario também pode, deve, consultar as documentações disponibilizadas pelo fornecedor sempre que necessário.

Como o Grupo ELANE pode lhe ajudar?

Com os nossos seguintes serviços premium: 

1- GESTÃO DE TERCEIROS 

A Gestão de Terceiros do Grupo ELANE, contribui desenvolvendo um processo de homologação, com foco em reduzir os riscos provenientes da má gestão do setor de Faturamento e do Recursos Humanos. Realizando primeiramente uma análise adequada às necessidades de mercado e considerando a atividade do negócio, para assim auxiliarmos na gestão de sua organização.

2- HOMOLOGAÇÃO FISCAL(NF-e/CUPOM)

A gestão do processo de Homologação Fiscal (Nf-e) é feita exclusivamente com um dos nossos assessores, tendo um monitoramento mais personalizado, para assim conseguirmos beneficiar todas as partes envolvidas, contribuindo para uma relação segura, transparente e de confiança entre empresarios, clientes e fornecedores. 

CASO NECESSITE DE ALGUM AUXILIO, ASSESSORIA OU ATE CONSULTORIA, ENTRE EM CONTATO COM O GRUPO ELANE.

Contato via email: atendimento@grupoelane.com.br

Até a proxima.

Comentários

Postagens mais vistas

ANIME FRIENDS - PÓS EVENTO

BIG FESTIVAL 2022 - PÓS EVENTO

ErosCast - EP69 - Ucconx ou seria o inverso Xnoccu?

ErosCast - EP68 - CARISTIA

INFO: BIG Festival