A importância de um Plano de Negócio (Business Plan)



Olá internautas como tudo bom do lado daí? Hoje vamos falar sobre a importância do Plano de negócio (Business Plan).

Planejamento é tudo! E nós do blog da E.L.A.N.E, temos falado muito sobre isso, não?
Se nem mesmo na vida particular podemos nos deixar levar apenas pela maré, quem dirá no mundo do Empreendedorismo. Por isso é tão importante traçar o caminho que se deve seguir rumo ao sucesso, levando em conta tudo o que pode atingir ou querer da sua empresa. Para isso, entra em cena o plano de negócio.

Para que um negócio tenha boas chances de sucesso e possibilidades, consiga prosperar e trazer lucro é fundamental o planejamento. E isso diz respeito a pensar, pesquisar e registrar os objetivos e as informações relacionadas ao empreendimento para se ter mais segurança ao dar os próximos passos. Fazer um bom plano de maneira correta não só facilita tomada de decisão, mas também oferece a diretriz a ser seguida.

Um plano de negócio (business plan) nada mais é do que um “grande roteiro” das variáveis financeiras, de marketing e de produtos; que vão guiar e dimensionar o rumo da empresa, seja ela nova ou não. Qualquer pessoa que visa empreender deve pautar os principais aspectos do empreendimento no plano de negócio. Possibilitando tanto ao “aspirante como o veterano” empreendedor, ter uma visão macro (seu todo) do que o negócio é e do que poderá se tornar.

O não planejamento aumenta as chances ao erro e da dor de “cabeça” do empreendedor. Muitas empresas que fazem parte das estatísticas de fechamento não fizeram de maneira correta e/ou detalhada o plano de negócio, seja no começo da atividade, seja em momentos nos quais o planejamento já estava ultrapassado. Portanto, o “business plan” é importante para quem está começando e para quem já está em funcionamento.

Se o empresário é iniciante, é mais do que recomendável que trace o plano de negócios para ter uma visão de um todo (visão macro) clara da empresa. Um plano de negócio mal estruturado, ou ainda, a falta dele, implica em grandes chances de a empresa não decolar.

E na hora de montar o plano, o que seve ser definido? Abaixo, alguns pontos essenciais:

1. Variáveis de marketing (produto, preço, comunicação, distribuição, público-alvo, etc.);
2. Projeções financeiras (custos fixos e custos variáveis, custos de produção, custos com capital humano);
3. Análise da concorrência;
4. Pontos fortes e fracos;
5. Missão, visão e valores da organização;
6. Oportunidades e ameaças;
7. Diferenciais em relação à concorrência, entre outros.

Feito o plano, o que fazer para tornar real o que está traçado no papel?
A única maneira é se propor a praticar o que foi estabelecido e colocar a mão na massa para alcançar os objetivos.

Todo final de ano, aconselho as empresas a fazerem o planejamento do ano seguinte e tentar seguir as diretrizes definidas durante os 365 dias. Traçar novas metas e, junto a elas, estratégias para alcançar esses objetivos.

Um plano de negócio é muito mais do que estabelecer objetivos. Durante a sua elaboração, permite ao empreendedor a compreender as várias vertentes do seu negócio (como mercado e riscos). Além disso, ainda pode ser um apoio na apresentação da empresa a outras partes interessadas, como parceiros e investidores, e ser um guia para o desenvolvimento da companhia a curto, médio e longo prazo.


Como está o planejamento do seu negócio? Por acaso sabe como fazer um bom business plan? Não se preocupe, entre em contato conosco que os ajudaremos!

E-mail: contato@grupoelane.com.br

Autor: Eddie

Comentários

Postagens mais vistas

Dicas de filmes sobre empreendedorismo – Parte II

ROCKFEST, o verdadeiro festival de Rock ‘N’ Roll!

M.G.: Marvel's Avengers - Novo Game da Square Enix

FILMES: VENTOS DA LIBERDADE

Unboxing E.L.A.N.E. #01