Livro: Extraordinário – R.J. Palacio

Oi pessoal, como estão?
Hoje vim trazer mais uma resenha de livro.
Sinopse: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Extraordinário é um livro simplesmente emocionante, que possui uma história linda e repleta de ensinamentos sobre coisas que deveriam ser tratadas com naturalidade e respeito principalmente, mas infelizmente o preconceito e o pré-julgamento das pessoas acabam por cegá-las impedindo que conheçam a verdadeira essência que existe dentro de cada um, independente de sua aparência, seu jeito de ser, seus gostos, entre outras coisas.
Auggie é um garoto de 10 anos que só quer ser uma criança comum como qualquer outra. Isso até poderia acontecer, não fosse pelo fato de Auggie ter nascido com uma doença genética que acabou por deformar todo o seu rosto. Ao longo de sua vida, ele passou por diversas cirurgias para fazer correções e sempre foi superprotegido por seus pais e sua irmã. Nunca teve contato com outras crianças, sempre estudou em casa (sua mãe era sua professora), e toda vez que saia na rua era bombardeado pelos olhares das pessoas, mas como o próprio conta, ele já estava acostumado com isso e sabia disfarçar muito bem quando percebia que estava sendo encarado com expressões de nojo, como se ele fosse uma aberração.
Depois de passar a vida toda escondendo e superprotegendo Auggie, seus pais decidem que está na hora dele ir para escola, vivenciar novas experiências e lidar com o que podemos chamar de desafio, que é encarar as pessoas e todos os julgamentos. Em meio a toda essa situação nova, Auggie se depara com olhares curiosos de seus novos colegas, piadas cruéis e até mesmo a construção de amizades verdadeiras.
O livro é narrado sob o ponto de vista de seis personagens, contando com Auggie, de acordo com suas relações e contato com o mesmo, o que fez o livro se tornar mais interessante, pois podemos ter a noção de como é conviver com esse garoto extremamente maduro e compreensível, e enfrentar junto a ele todo o preconceito e bullying sofrido.
Auggie possui uma força e coragem imensurável e por diversas vezes aguentou tudo calado, de forma discreta e sábia, e foi com esse mesmo jeito que aos poucos foi conquistando as pessoas, e mostrando a elas que quem ele é de verdade vai muito além de sua aparência. É por tudo isso que ele é um garoto extraordinário.
“A grandeza não está em ser forte, mas no uso correto da força. Grande é aquele cuja força conquista mais corações pela atração do próprio coração.”
“Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.” – Auggie
Então é isso pessoal, foi um livro que me tocou bastante. Livros narrados por crianças são sempre maravilhosos por toda a verdade e sinceridade que trazem consigo.
Um abraço e até a próxima
Autora: Gabby Sweet

Comentários

Postagens mais vistas

Como foi 1° Dia de Brasil Game Show (Imprensa) ?

Dicas de filmes sobre empreendedorismo – Parte II

ROCKFEST, o verdadeiro festival de Rock ‘N’ Roll!

M.G.: Marvel's Avengers - Novo Game da Square Enix

FILMES: VENTOS DA LIBERDADE