Filme: Tomboy


Olá pessoal, como estão?

Olha eu de novo aqui!

Passando para dar outra dica de filme pra vocês.

Dessa vez vou comentar sobre um filme extremamente interessante, a meu ver, por se tratar de um assunto cada vez mais comum perante a sociedade.

Tomboy é um filme francês de 2011, escrito e dirigido por Céline Sciamma, que conta a história de uma garota de 10 anos, chamada Laure, que gosta de se vestir como menino e possui comportamentos “julgados” masculinos. Ela e sua família mudam-se durante as férias de verão para um novo bairro. Nesse lugar Laure conhece Lisa, que de imediato, pela aparência e trajes vestidos por Laure, acredita que a mesma seja um menino. Acontece que ao invés de Laure explicar a verdade para Lisa, ela acaba por aceitar a confusão feita pela nova colega e se apresenta como Mickael. A partir daí, Laure passa a ter uma vida dupla. Dentro da sua casa continua sendo Laure, uma menina (apesar de não se sentir como tal), porém quando está com seus colegas, passa-se por um menino.
 O mais intrigante é que, a princípio não dá para saber realmente qual é o sexo da personagem, devido ao contraste que há na forma como Laure se veste e nos traços delicados de seu rosto. Porém, a descoberta é feita de forma simples e direta, quando após sair de um banho, seu corpo é revelado ao público.
Outro ponto a ser destacado é que, seus pais a aceitam da forma como ela é, mesmo que a tratem como uma garota e a chamem de Laure, eles parecem não se importar com o fato dela se vestir como um garoto.    
O filme lida com a identidade de gênero na infância da forma mais pura e sensível, sem fazer grandes alardes. Todos nós sabemos que a infância é uma fase de descobertas, onde se inicia o processo de descobrimento da identidade e personalidade. Dessa forma, o filme nos permite refletir acerca da relação com nós mesmos ao longo de todo esse andamento em se descobrir de verdade, e que Laure, mesmo sendo criança, é corajosa o suficiente para assumir quem ela realmente é e como se sente, enfrentando isso da forma mais natural possível, sem deixar que o modismo e os parâmetros impostos pela sociedade a afete de alguma forma. Quero deixar claro que o filme não trata da homossexualidade, e sim identidade de gênero.
Para mim, o tema abordado em si já é um ponto positivo e algo que instigou em mim a curiosidade. O filme não tem grandes acontecimentos, é um drama genuíno, sem rodeios, relata a história de uma garota tentando ser aceita por quem ela é e da forma com a qual ela se sente bem, talvez por esse conjunto de fatores, acabe não atendendo às expectativas de alguns expectadores. Mas para mim serviu de aprendizado, me trouxe outra visão e melhor compreensão sobre esse universo.  Eu particularmente gosto de filmes de drama e que abordam esse tipo de temática.

Uma curiosidade, pra quem não sabe, Tomboy (nome dado ao filme) é quando uma menina apresenta características e comportamentos considerados masculinos.

Bom, é isso aí pessoal, deixei um pouco da minha visão sobre o filme, e espero que tenha despertado em vocês o interesse em assisti-lo.


Abraços e até a próxima.

Trailer:

Autor: Gabby Sweet

Comentários

Postagens mais vistas

Como foi 1° Dia de Brasil Game Show (Imprensa) ?

Dicas de filmes sobre empreendedorismo – Parte II

ROCKFEST, o verdadeiro festival de Rock ‘N’ Roll!

M.G.: Marvel's Avengers - Novo Game da Square Enix

FILMES: VENTOS DA LIBERDADE