Dicas: loja de cervejas especiais

21/11/2017
Autor: Eddie


Olá internautas como vocês estão?

Depois do sucesso do artigo da nossa redatora JRibeiro sobre a Cerveja EUGÊNIA da marca Colorado, vim trazer um artigo sobre como montar uma loja de cervejas especiais.

Trabalhar com esse tipo de mercado, tende a ser lucrativo, visto que temos um forte consumo deste tipo de bebida em praticamente todos os lugares, porém a cerveja de marca tradicional é possível encontrar em qualquer esquina ou até mesmo com um vendedor ambulante na praia.

O intuito de se diferenciar é oferecer uma bebida ainda melhor, que é as cervejas especiais! E hoje em dia vem ganhando seu espaço e conquistando uma grande clientela.

Como o ultimo artigo sobre esse seguimento em nossa pagina C.M.C. - Cervejas, Musicas & Cia nos trouxe novos leitores interessados nesse seguimento, nada mais justo que lhe oferecermos um artigo dando dicas com algumas informações, porém com foco maior na montagem de uma loja em sua cidade.


Cervejas especiais

Nós brasileiros temos uma cultura forte de consumir cerveja, portanto temos um mercado já consolidado a muitos anos e com forte tendência de crescimento, principalmente para o lado das cervejas especiais.

Com a revolução da cerveja artesanal que tem como lema o “beba menos, beba melhor”, a tendência não é de incrementos significativos no volume total de cerveja consumida no país, e sim uma migração de cervejas mainstream (convencionais), que buscam apenas o volume de consumo, para cervejas especiais, que trazem outras sensações de aroma, gosto e textura.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) divulgou recentemente novos e importantes números do mercado das cervejarias artesanais no Brasil. De acordo com a entidade, até junho de 2017 eram 610 cervejarias nesta categoria no país responsáveis pela produção de 7,5 mil produtos diferentes. Só no primeiro semestre, 91 novos registros foram concedidos. – Texto retirado da Associação Brasileira das Cervejarias Artesanais (Abracerva).

Mas Eddie, o que é cerveja especial? Tem alguma diferença para a cerveja tradicional?

Sim, basicamente trata-se de uma cerveja comum, porém com toques diferenciados podem ser cervejas importadas, produzidas de forma artesanal, com receitas antigas ou com ingredientes de melhor qualidade. Outro diferencial da cerveja especial é a não utilização de aditivos químicos na produção da bebida, o que faz com que este produto seja ainda mais saboroso. No Brasil já existem várias marcas em atuação e empresas que trabalham apenas com cervejas especiais, como é o caso da cerveja da marca Colorado.

Local de estabelecimento para uma loja de cervejas especiais


O principal desafio na abertura da sua loja de cervejas especiais será a escolha do ponto de estabelecimento, ou seja, onde o seu negócio irá funcionar. O básico e o ideal será procurar lugares bem movimentados e que proporcione uma boa visibilidade para seu estabelecimento, podendo ser em uma avenida, próximo a supermercados, shoppings ou restaurantes.

O ideal é montar um pequeno espaço de degustação dentro da própria loja, mas não será um espaço para consumo, como em um bar. Além disso, a sua loja precisará ter apenas a área de exposição e venda dos produtos, um pequeno estoque e um banheiro.

Vale lembrar que as lojas desse tipo são bastante sofisticadas, com uma estrutura de ótima qualidade, boa pintura, iluminação, prateleiras bonitas para armazenar seus produtos, freezers para manter algumas cervejas congeladas e um balcão. Poderá comprar ainda algumas mesas e cadeiras de madeira para a área de degustação e muito mais. Então capriche na decoração da sua nova loja!

 

Eddie, como devo montar uma loja de cervejas especiais?


Para montar uma loja de cervejas especiais, você precisará focar em oferecer a maior variedade possível de marcas, dando assim opções para que os clientes possam experimentar os mais diversos tipos de cervejas nacionais e importadas. Então será preciso buscar fornecedores onde possa comprar seus produtos para revender e se tiver capital disponível, dá até mesmo para montar uma micro cervejaria artesanal e criar sua própria marca de cerveja

Contratação de colaboradores pode não ser uma grande necessidade, porém se você tiver pelo menos mais uma pessoa para lhe ajudar no dia a dia, certamente será bem melhor. Afinal terá que atender clientes, organizar os produtos, cuidar da limpeza do local e tudo mais. Então no mínimo você precisará contratar 1 funcionário e no máximo 3, dependo do tamanho da loja.

A loja de cerveja se encaixa no CNAE 4723-7/00 e se enquadra no Simples Nacional, portanto é necessário contratador um contador para dar entrada no processo de abertura da sua nova empresa. A partir disso será solicitado o registro na junta comercial, obtenção do CNPJ, licença da prefeitura, da vigilância sanitária e outros detalhes não menos importantes.
Dica útil: procure uma assessoria ou contabilidade poderá lhe ajudar.

 

A Clientela da sua loja de cervejas especiais


Sua clientela são amantes de uma boa cerveja, portanto são pessoas que gostam de apreciar sabores diferentes e estão dispostos a pagar um pouco mais por uma cerveja de melhor qualidade. Com isso, na grande maioria dos casos serão pessoas da classe média e alta que frequentarão sua loja e esse tende a ser o seu público alvo principal. Por isso saiba escolher bem o local do estabelecimento!

Para atrair clientes não basta apenas montar uma loja bem organizada e com variedade em produtos. Invista também em estratégias de divulgação para chegar a esse público. A internet é uma forte ferramenta e ajudará seu negócio a ter um impacto maior ainda, então crie seu próprio site, foque nas redes sociais, faça parcerias com blogs e youtubers e capture o e-mail de contato ou telefone dos seus clientes para realizar ofertas futuras.

Uma outra opção que pode ajudar sua loja de cervejas especiais, a ter uma alavancagem no mercado é a criação de um clube de assinantes, onde seus clientes recebem em casa semanalmente ou mensalmente uma determinada quantidade de cervejas de marcas diferentes. Portanto, crie suas próprias estratégias e inove para ganhar seu espaço no concorrido mercado das bebidas.

 

Mas na real, vale a pena?


Esse é aquele tipo de negócio que o empreendedor precisa entender bastante do assunto, portanto não basta ser um consumidor de cervejas, é preciso conhecer o mercado, entender o que está em alta, como chegar ao seu público e ser um verdadeiro empreendedor. Se você não tem uma grande vontade de trabalhar com cervejas, então esse negócio não é para você, pois é algo voltado principalmente para apaixonados por essa bebida. Uma dica extra é procure uma assessoria de negócios, ela irá te ajudar a montar um plano de negócio, lhe assessorar com a montagem e gestão do processo e financeiro. O GrupoE.L.A.N.E.  fica a disposição para ajuda-los.

Lembrando que s a partir de janeiro de 2018, as cervejarias, que fabricam cervejas artesanais, que tenham o faturamento inferior a R$ 4,8 milhões, poderão aderir ao Simples. O que é considerado pelos especialistas um pequeno passo do Governo Federal para incentivo a essa cadeia produtiva.

Então caros leitores, espero que todas as dicas passadas neste artigo tenham servido de inspiração e ajudado a tomar um rumo no seu novo negócio.

Há um mundo de apaixonados trabalhando a cada dia para fazer melhores cervejas, reduzir custos, criar eventos, disseminar cultura cervejeira e ouvir com atenção o consumidor. Muita gente boa dedicando seu tempo e dinheiro a fazer este mercado ultrapassar a barreira do 1% de participação. Prevemos melhores dias, crescimento sustentável e a possibilidade de beber a cerveja da sua região a cada um dos brasileiros que apreciam este precioso líquido, que é arte, ciência, história, gastronomia e cultura.


Um abraço, até a próxima.

Comentários

Postagens mais vistas

Como foi 1° Dia de Brasil Game Show (Imprensa) ?

Dicas de filmes sobre empreendedorismo – Parte II

ROCKFEST, o verdadeiro festival de Rock ‘N’ Roll!

M.G.: Marvel's Avengers - Novo Game da Square Enix

FILMES: VENTOS DA LIBERDADE